http://amzn.to/2vXW7B8

Resenha "Ovelha" - Memórias de um Pastor Gay de Gustavo Magnani



Edição: 1
Editora: Geração Editorial
ISBN: 9788581303253
Ano: 2015
Páginas: 232




Este livro, estreia impressionante de um jovem e talentoso escritor, é o relato pecaminoso de um decadente. A história de um homem religioso e carismático, temente a Deus, mas amante insaciável de sua própria carne exótica, a carne de outros homens.Um pastor gay, casado com uma ex-prostituta, filho de uma fanática religiosa. Neurótico e depravado. E agora condenado.Internado no hospital, debilitado e com um segredo de uma tonelada nas costas, este personagem atormentado decide libertar-se de seus demônios e relatar seu drama.Num relato cru e sem censura, ele literalmente vomita seus trinta anos de calvário e charlatanice na cara da congregação (e de qualquer um que se interesse por um bom inferno). Sexo, paranoia, corrupção e destruição são os ingredientes tóxicos dessa obra provocante, polêmica e inovadora.




Memórias de um pastor gay  retrata a historias de centenas de  pessoas, não só religiosos, mas pessoas atormentadas pelos seus próprios demônios, dementes e criadoras do seu próprio inferno. Sim por que o homem consegue  durante algum tempo enganar algumas pessoas, mas ninguém consegue enganar  a si mesmo, e quando vem a noite , a consciência cobra de forma avassaladora e impiedosa todas as  deficiências, todos os erros e desatinos  que se comete. Muitas vezes em nome de Deus  ou simplesmente em nome de um  sentimento mesquinho , mundano e  egoísta.

O Pastor  em sua fraqueza não sabe se serve a Deus ou a sua lascívia. Então vive  de forma  dupla e bem infeliz  entre o sexo homossexual e sua religião fanática  e hipócrita. Até se descobrir doente  e se conscientizar que poderia ter dado outro rumo para sua vida.  Nada do que se possa escandalizar ou julgar. 

Apenas uma alma atormentada  e fraca, deficiente em amor , mas principalmente  deficiente  em sua própria fé.

“ olho no espelho e vejo o reflexo, não apenas do meu exterior  no vidro, vejo o que  carrego dentro de  mim no corpo fora de mim, na cara, na pele denegrida, destruída, estou degenerado! Por dentro e por fora!” 

——————————————————————
CHOQUE ENTRE RELIGIÃO E HOMOSSEXUALIDADE RESULTA EM MEMÓRIAS CONTUNDENTES
       O noticiário e as páginas da internet sobre a questão da homossexualidade vista do ponto de vista dos evangélicos, que invocam a Bíblia e a condenam com veemência, têm registrado diariamente protestos contra o atraso religioso e reações furiosas dos crentes. O debate parece não ter fim, colocando o país sob a perspectiva de um atraso histórico, visto que a homossexualidade vem sendo reconhecida em muitos países mais adiantados e neles o casamento gay é uma realidade consumada. Uma onda forte de pastores retrógrados, aproveitando-se do preconceito popular contra os homossexuais, às vezes por mero oportunismo comercial de utilização das massas, ergueu uma reação contrária também consistente, com os movimentos gays saindo pelas ruas para protestar (razão do célebre Cristo transexual, tão criticado, na última parada gay paulistana). O clima polêmico é cada vez mais acalorado, alguns falam dos pastores como criadores de uma nova Inquisição e “caça às bruxas” e muitos são os evangélicos que têm lugar como deputados no Congresso, aumentando o temor de que o obscurantismo medieval das ideias religiosas passe a reinar no Brasil, que possui reconhecidamente um Estado laico. Leia mais aqui







Damiana Ribeiro é uma mulher guerreiramãe da linda Alícia e uma leitora compulsiva. Quando recebeu o nosso convite para ser uma de nossas colunistas não pensou duas vezes.    facebook 



4 comentários

  1. Olá Irene, boa tarde!
    Parece ser um livro interessante, mas não sei se vou adicionar a minha lista. Vamos ver rs.

    Também tenho um blog e gostaria de te convidar para conhecer. É novo mas já tem coisas legais lá!
    http://ohqueridavalentina.blogspot.com.br/

    Abraços!

    ResponderExcluir
  2. Você escreve super bem, mas só uma dica, cuidado com o erro da diferença entre "mas" e "mais". Parece bobagem, mas é o tipo de erro bobo demais para quem diz que lê.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito que mesmo como anônimo deve ser um de nossos leitores e sabe que normalmente nossas resenhas primam por serem bem escritas. Você está coberto de razão e fiz as devidas correções sublinhando. Já repassei para a nossa colunista e concordo que parece bobagem, mas se não corrigirmos se torna um vício e para uma pessoa que lê há muitos anos. É um erro inaceitável. Peço desculpas pela falha.
      Abraços

      Excluir
  3. Oieeee. Não entendi muito a resenha, pois não sei qual parte você falava sobre o livro e qual era a sinopse. Eu quero ler este livro mas fico pensando se não é muito religioso, o que daria uma preguiça de ler, sabe?

    Beijos,

    Greice Negrini

    Blogando Livros
    www.amigasemulheres.com

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...