http://amzn.to/2vXW7B8

Resenha do livro " Um Conto do Destino " de Mark Helprin- Editora Novo Conceito


Sinopse: É possível amar alguém tão plenamente que a pessoa não pode morrer?Entre o amor e o destino, entre a luz e a escuridão, milagres podem acontecer!
Em uma noite especialmente fria, o exímio mecânico – e larápio – Peter Lake consegue invadir uma mansão do Upper West Side que mais parece uma fortaleza. Ele pensa que não há ninguém em casa, mas a filha do dono o surpreende em plena ação. Assim começa o romance entre o ladrão de meia-idade e Beverly Penn, uma jovem que tem pouco tempo de vida. O amor que os une é tão poderoso que levará Peter Lake, um homem simples e sem instrução, a desejar parar o tempo e trazer os mortos de volta.
Surpreendente e intenso, UM CONTO DO DESTINO nos transporta do século 19 ao final do século 20, na virada do milênio. Os personagens se encontram e se perdem ao sabor do destino, que insiste em brincar com aqueles que encontra pelo caminho. Uma pintura mágica da beleza e do amor, sobre a morte que desafia e sobre a vida que se afirma sobre ela.


Autor: Mark Helprin
Selo: Novo Conceito
Ano: 2014
Edição: 1ª
Páginas: 720




ACREDITE EM MILAGRES 


Um casal de imigrantes chega a New York mas é impedido de desembarcar porque estão doentes, e tem que voltar no mesmo navio. Porém o casal traz um filho e procura uma forma de deixá-lo, e conseguem. Uma pequena embarcação é avistada pelos Caçadores de Ostras e um menino é resgatado por Humpstone John. O chamaram de Peter e com eles viveu até os doze anos, quando vai para Manhattan.

"Manhattan, um reino alto e estreito, tão cheio de esperanças quanto qualquer outro, explodiu sobre Peter Lake com toda sua força (...)"

Um cavalo branco foge do estábulo, como já fizera outras vezes e corre pelas ruas de Manhattan. Nessa corrida se depara com um homem que foge de seus perseguidores, era Peter Lake fugindo de Pearly Soames e alguns da Gangue dos Rabos Curtos. 

"O cavalo saltou por cima da poça congelada rumo a Peter Lake, e baixou seu pescoço largo e branco. Peter Lake se recompôs e, colocando os braços ao redor do que parecia um enorme cisne, saltou para o lombo do cavalo." (pág 17)


Peter Lake era uma excelente mecânico, aprendera com seu mestre da forja, a quem amava, Mootfowl. Porém tornara-se um ladrão, um dos melhores e atualmente vivia fugindo dos Rabos Curtos. Decidiu sair de Manhattan por um tempo, mas antes disso faria mais alguns roubos. Um desses roubos foi na casa de Isaac Penn, e lá, pensando que a casa estive vazia, encontra a jovem e bela Beverly, mas que estava muito doente e com pouco tempo de vida. Peter jamais imaginaria a importância desse encontro, o tamanho do amor que nasceria naquele momento e que foi intensamente vivido.

"Beverly Penn, que tinha a coragem de alguém que sempre é confrontada por coisas de suma importância, não esperava que outra pessoa também se sentisse daquela maneira. Peter Lake parecia amá-la exatamente da mesma maneira que ela amava tudo o que sabia que viria a perder." (pág 143)

E na primavera Beverly se vai... "Peter Lake estava a seu lado, e aquilo o arruinou para sempre. Sentiu-se despedaçar de uma maneira que jamais imaginaria ser possível"

Um dia, completamente cercado por Pearly e seus homens, Peter vislumbrou a morte e até gostou de que isso acontecesse. Porém, Athansor, seu cavalo branco, surgi e o salva. Voava numa velocidade cada vez maior.

"O que Peter Lake viu foi o que Berly descreveu, e ficou maravilhado (...) Havia lagos nas nuvens que simplesmente desaguavam no mar (...) Ele caiu, e caiu, e não tinha vontade própria. (...) Peter Lake despencou por entre aquele mundo branco."

Aqui nesse ponto, página 215, termina o que eu vi como a primeira parte da história. A partir desse ponto somos apresentados a muitos novos personagens que logo estarão juntos. Há uma passagem de quase um século. 

Muitos personagens novos, muitos acontecimentos, muitos mistérios a serem desvendados, muitas perguntas a serem respondidas. Não tenho como voltar a falar de Peter Lake sem spoiller e eu nem  vejo necessidade, melhor você descobrir.

Eu confesso que tive muita dificuldade na leitura do livro, não pelo tamanho dele, mas pela história em si, não era o que esperava e isso dificultou bastante a leitura. Não sou fã das histórias de fantasia e tive que voltar e reler partes muitas vezes para entender alguns acontecimentos. Outro ponto é que é muito detalhista, muito descritivo, o que para mim se torna cansativo. 

Creio que algumas partes foram desnecessárias e umas 200 páginas poderiam ser diminuídas. Mas é necessário ter cuidado com partes que você possa pular porque pode vir a comprometer algum entendimento futuro. Para completar não consegui me envolver com nenhum personagem, e sempre que isso acontece, me tira um pouco a vontade de avançar. Mas isso é o que eu senti!

Quem gosta de fantasia, de mistérios, de exercitar a imaginação, com certeza vai se apaixonar. Olhando de fora, sem o meu gosto pessoal, a história é muito bem escrita, e acredito que mesmo tendo 720 páginas, muita gente vai devorá-lo. Ou seja, é daqueles livros que ou você ama ou não.

"A beleza da verdade é que ela não precisa ser proclamada, e não precisa que acreditem nela. Ela passa de uma alma para outra, mudando de forma a cada vez que as toca." (Beverly - pág 195)


Book Trailer




.................................................................





Eu sou uma pessoa apaixonada por filmes e quando li o livro já fiquei imaginando com ele seria. Afinal são 720 páginas com muitos personagens, histórias, mistérios e magias. Quando li o primeiro capítulo, e começa contando do cavalo branco correndo pela cidade, imaginei a cena linda que seria. Decepção total!



Na minha opinião, só vai gostar do filme quem não leu o livro. Apesar de tanto material, mudaram coisas e acrescentaram o que não existia no livro sem a mínima necessidade. Sinceramente me pergunto o motivo. Mesmo não tendo lido o livro, muitos podem achar um filme fraco, aquele feito com passagens para emocionar e cativar, mas perfeitamente detectável.

Pior adaptação que já assisti. Akiva Goldsman que além de escrever a adaptação, estréia como diretor, deixou muito a desejar e Colin Farrel não me convenceu no papel de Peter Lake. Mas se você não tiver nada mais para assistir e quer só passar o tempo, assista.




Luci Cardinelli  Professora, atuou como profissional do mercado de capitais e atualmente é artesã. Além disso é amante da leitura e apaixonada por filmes, principalmente pelos antigos e dramas, só não assiste terror e acompanha diversas séries da TV. Ama arte, viajar e MPB.

7 comentários

  1. Não tive tempo de ler o livro ainda, mas amei o filme.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Adorei a sua sinceridade.
    Eu acabei nem recebendo o livro, mas para te ser sincera, nem fiquei muito chateada já que ele é grande demais e atrasaria minhas leituras (leio muito devagar). Ainda não tinha lido nenhuma resenha dele e nem se quer vi o filme. Não irei ler o livro, mas tenho a intenção de ver o filme, vai que a história me agrade né....mas vou com certeza lembrar dos pontos não tão positivos que você ressaltou...

    Beijão, Van - Blog do Balaio
    balaiodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vanessa, não lendo o livro antes, é um bom filme. Mas vou lhe contar uma coisa e veja se não tenho razão. No filme, aparece o Peter conversando com um homem sobre seu amor. Quem não leu, jamais saberá da importância desse home, simplesmente que encontro Peter bebê e o criou. :( beijoo e depois me conta o que achou.

      facebook https://www.facebook.com/LuciCardinelli

      Excluir
  3. Oi Luci, eu ainda não vi o filme, e logo que o livro foi lançado achei ele para vender por 9,90 e é claro que eu comprei né. se tratava de um lançamento, com quase um milhão de páginas, como não achar barato né? hahaha
    gostei da forma que você escreveu sua resenha. quando eu comprei ele, não sabia ainda sobre o que a história se tratava, e pensava que (por causa da capa) seria um romance super meloso e lindo, nada além disso. grande decepção a minha né hahaha
    não estou mais tão curiosa assim para ler ele, e não sei se vou ter coragem de ler ele tão cedo ;x

    Gostaria de aproveitar a oportunidade e te convida para participar do sorteio que está rolando lá no blog onde eu escrevo. Estamos sorteando ingressos para assistir Divergente no Cinema!!! :D
    www.futilmasinteligente.com/2014/05/10-pares-de-ingressos-para-divergente.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que preço bom!!!!!
      Eu esperei que seria uma história de amor, nada comum, afinal são 720 páginas.

      Agradeço o convite, mas não vou participar pq não vou ao cinema! beijoss

      Excluir
  4. Oi Luci. Quando lançou o livro e o filme, fiquei bem curiosa, porque parecia um romance super lindo. Não imaginei que a história tivesse todo este toque de fantasia. ainda bem que você não contou detalhes na sua resenha e que pena que o filme te decepcionou!

    ResponderExcluir
  5. Oiii bem eu não terminei de ler o livro parei na metade e é super diferente do filme, o filme é horrível rsrs e muito viajante aquelas luzes brilhando o tempo todo é irritante, até onde li o livro era legal

    bjos

    ResponderExcluir

Obrigado pela sua visita!
Seu comentário é muito bem vindo!
Volte sempre !

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...